Volta de instalação – Parte 8 / 2002

Ralf atropela Rubinho

O ano anterior foi de mais um título de Michael Schumacher e após uma centena de declarações de “1b” por parte de Rubens Barrichello, ele se afirmou nos treinos para a primeira corrida do ano e garantiu a pole-position. Poderia ser o início da carga para a conquista de um título?

A arrancada foi boa, Rubinho cobriu a linha externa e, em seguida, tomou o traçado ideal da curva, só que no mesmo momento, Ralf “sou um dos três melhores pilotos de F-1” Schumacher, na época promissor, mas hoje comprovadamente só com o sobrenome a citar, teve a idéia brilhante de frear o mínimo possível para a tomada da chicane.Sem tempo de reação, o que se viu foi uma forma estranha de “transformer” que parecia o acasalamento entre uma Williams e uma Ferrari, só que o resultado foi uma corrida abortada para ambos.

Michael Schumacher agradeceu e registrou a primeira vitória da temporada que o levou ao seu título mais fácil. Em 2002, o único concorrente era Barrichello, que foi impedido, a partir da terceira corrida, de ameaçar o domínio do alemão.

Anúncios

~ por Bernardo Bercht em março 13, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: