McLaren faturou o 1º desfile de monopostos em Monte-Carlo…

Peço desculpas aos visitantes pela falta de atualizações nos últimos dias e a inesistência de comentários antes da corrida e depois do treino de qualificação. O Ruindows resolveu dar problema duas vezes na mesma semana e tive de reinstalar o sistema operacional.

Alonso comemora a vitória

Fernando Alonso confirmou a superioridades dos treinos e levou para casa o troféu monegasco. Ficou por aí a verdadeira história a se contar do GP de Mônaco, o resto são apenas conjecturas e azedumes de uma parte ou outra. Contabilizei UMA ultrapassagem durante toda a prova e citando o meu azedume, a fraca dupla de “PILOTOS” da Ferrari privou os espectadores de qualquer possibilidade de uma briga das equipes de ponta pela liderança.

Kimi atravessado na RascasseExplico, claro: Kimi Raikkonen apresentou o ápice do tragicômico. Na sua 7ª corrida nessa pista ele já devia saber que a tangência das curvas de Mônaco devem ser tomadas depois que o asfalto já substituiu a visão do guard-rail. Foi patético o seu mergulho no muro do complexo da piscina… Complementou a obra ao parar o carro vesgo, na mesma posição em que Schumacher estacionou no ano passado… Quase poético também…

Esse foi o destino do piloto Ferrari que tinha ritmo para brigar pela vitória… Enquanto isso, Felipe Massa concretizou sua aversão aos muros de Monte-Carlo e passou o final de semana inteiro passeando com seu poderoso bólido da Scuderia pelas ruas de Mônaco. Sempre muito longe do meio-fio, perdeu tempo em ambos os setores que requerem aquele nível técnico diferenciado. Raikkonen foi beneficiado pela estratégia errada da Honda para conseguir o seu mísero pontinho de uma prova apagada em que pouco brigou para escalar o pelotão. Vale lembrar que, no ano passado, Schumacher largou da última fila e chegou em 5º! Outro nível de competitividade e competência…Massa e Heidfeld em Mônaco

 

Comparação de trajetória de Massa e Heidfeld: Repare em como a opção mais conservadora aproveita mal os espaços da pista e compromete a saída de curva. Poderia colocar fotos parecidas de “n” pilotos fazendo a linha do alemão, mas apenas Massa passa à meia roda de distância em relação ao limite da pista.

 

 

 

Bela corrida de Giancarlo Fisichella pela Renault, o vencedor da “categoria B” da F1. Mesmo em Mônaco, que costuma igualar os equipamentos, foi arrasadora a diferença das duas equipes de ponta para o resto do grid. Tendo um histórico de bons resultados no principado, Fisichella não pôde almejar além de um distante 4º lugar, uma volta atrás dos líderes. Estarrecedor!

Ao mesmo tempo é surpreendente a inflação populacional do “meio” do pelotão. De Fisichella a Kovalainen (o 13º) todos viraram tempos parecidos durante o final de semana e todos chegaram com a mesma volta de atraso. Com uma parada só, Kubica levou a melhor na briga da BMW com Heidfeld. O alemão, por sinal, adotou uma tática esquisita de duas paradas, parecida com a da Honda.

Quem se beneficiou disso foi Alex Wurz, da Williams, que com uma parada só saiu logo à frente de Barrichello após o seu pit e lá ficou, conquistando seus primeiros pontos da temporada, com a 7ª colocação. Os japoneses, enquanto isso, ficaram chupando o dedo em nova frustração. Rubinho (mantendo seu domínio sobre Button) teve o gosto de disputar a Super Pole pela primeira vez, amargou nova 10ª colocação, porém. Button chegou logo atrás, em 11º.

As Red Bull mostraram potencial, como de costume, mas naufragaram. Em parte por culpa do câmbio “Seamless”, que quebrou no carro de Webber quando vinha em 8º, e também por causa da pataquada de Coulthard que bloqueou Kovalainen na classificação, tentando garantir seu lugar na Super Pole. As possibilidades iniciais acabaram resultando em nada.

Trulli e Ralf largaram em pontas diferentes do grid e terminaram a corrida juntinhos. Pareceu até ensaiado. 15º e 16º, 2 voltas atrás de Alonso. Já a Super Aguri ficou longe de um bom ritmo, mesmo usando o carro da Honda, que ano passado quase garantiu um pódio com Barrichello nessa mesma prova. Restou para Sato a “façanha” da única manobra de ultrapassagem que apareceu na TV. O japonês se aproveitou quando levavam volta dos líderes para colocar do lado na descida do Casino e passar o Toyota de Trulli.

Sutil e Alberts comboioram as Toyota no início da prova, mas acabaram pelo caminho. O herói dos treinos livres, Sutil, no muro; e o sempre lerdo Alberts nos boxes com quebra mecânica.

Para comentar o azedume de parte da imprensa inglesa, que acusa a McLaren de usar ordens de equipe que prejudicaram Lewis, argumento que as atitudes de Ron Dennis não foram as mais emocionantes, mas com certeza resultaram na melhor tática de equipe possível, que garantiu a dobradinha da McLaren. Outra decisão teria acabado, quase com certeza, com uma das flechas de prata no muro e daí a crítica seria outra e o prejuízo maior. A FIA obviamente julgou legal a abordagem, nada mais a declarar.

Vibração dos pilotos McLaren

Anúncios

~ por Bernardo Bercht em maio 31, 2007.

Uma resposta to “McLaren faturou o 1º desfile de monopostos em Monte-Carlo…”

  1. A postura do Massa mostra a sua inteligência. Diante da desvantagem em relação à McLaren, melhor andar com segurança, sem arriscar para poupar motor para a próxima corrida. Arriscando ou não ele terminaria em terceiro, fez certo em andar como andou. Um terceiro lugar 5s atrás do primeiro ou 1 min dá no mesmo. É tão terceiro quanto. Agora deve aproveitar as chances nas próximas corridas, em que vai ter o melhor carro e partir para vencer, pois esta é a melhor posição que pode conquistar.
    Ao contrário do Massa, Hamilton correu como um louco, cometeu erros, forçou o motor e obrigou Alonso a fazer o mesmo, quase bateu… enfim, tudo isso p/ ser segundo. Se tivesse andado com mais calma, terminaria me segundo do mesmo jeito, mas sem riscos bobos. Em Mônaco não dá p/ ultrapassar, o Lewis fez uma graça atrás da outra e não ganhou nada com isso.
    Essa é a vantagem da experiência sobre a inexperiência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: