Por que ficamos sem F1 por um mês…

Pit Stop

Quatro semanas cheias é tempo demais entre corridas, não acham? Começa a dar aquele comichão, a gente passa a dirigir um pouco mais agressivamente que o normal, quandp passa em algum posto de gasolina aquele perfume característicos traz lembranças nostálgicas e a saudade quase insuportável do ronco dos motores… Pior, a gente passa a assistir programações inusitadas na TV. Corrida de bicicleta, Motocross, ou pior, StockCar Brasil e Nascar!Tá na hora de um Grande Prêmio!!!

Existe uma justificativa para apaziguar nossos ânimos: o Grande Prêmio de San Marino foi suspenso do calendário dessa temporada pouco antes do seu fechamento, no final do ano passado. Com isso, não puderam ser reprogramadas as provas e ficou estabelecido esse intervalo excessivo entre as corridas do Bahrain e da Espanha.

Não há motivos para muito alarme, entretanto. A suspensão foi estabelecida para que o autódromo de Ímola realizasse reformas há muito tempo adiadas no seu paddock e também uma mudança no traçado para aumentar as chances de ultrapassagem na pista que foi remendada de forma muito apressada e com pouca reflexão após a morte de Ayrton Senna na curva Tamburello. Para a próxima temporada, existe um acordo entre os organizadores do GP e Bernie Ecclestone para retomar o seu lugar no calendário.

Vamos analisar as modificações:

Modificações em Ímola

Além do aumento da área dos boxes, uma reclamação de longa data das equipes, a reforma removerá a “famosa” Variante Bassa e ligará a curva de raio duplo, Rivazza, diretamente à reta principal. Na verdade, é como se fosse uma nova Tamburello, mas com raio menor e mais saída de escape, para manter os níveis de segurança. A esperança do projeto do conhecido Hermann Tilke (Projetista dos autódromos da “F1 do novo século”) é a de gerar oportunidades de ultrapassagem na chicane que substituiu a Tamburello.

A seguir algumas fotos da cirurgia plástica em andamento. Vamos torcer para que seja um sucesso e Ímola possa voltar a ser uma prova emocionante como uma Angelina Jolie e não a procissão da Madre Tereza de Calcutá…

Obras dos novos Boxes na tomada da chicane Tamburello

Tamburello

Novo Paddock de San Marino, em construçãoPaddock novo

 

Anúncios

~ por Bernardo Bercht em abril 24, 2007.

2 Respostas to “Por que ficamos sem F1 por um mês…”

  1. Uma pena. Eu gostava dessa chicane. Aliás, gosto de chicanes. É bom mesmo que o Tilke esteja certo, e que resulte em várias ultrapassagens.

  2. […] 2007 in Imola, Screen Shot, San Marino, Google Maps, F1, Fórmula 1 Desde que fiquei sabendo por que ficamos sem F1 por um mês tive a intensão de postar a imagem de satélite do autodrómo Enzo e Dino Ferrari, palco do […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: